domingo, 11 de abril de 2010

Diabetes


A diabete é uma doença metabólica que ocorre em organismos onde há grande quantidade de glicose em virtude da má produção ou da ausência da produção de insulina no mesmo. A doença pode ocorrer em pessoas que possuem parentes próximos com a doença (hereditariedade), pessoas obesas, acima dos 40 anos, em mulheres grávidas e ainda em pessoas que nasceram com peso igual ou superior a 4 kg. Apesar de existirem diferentes formas de se adquirir a doença, o fator mais considerável para o aparecimento da mesma é a obesidade, pois nesse caso a insulina não consegue penetrar nas células musculares e adiposas para consumir a glicose, fazendo com que a mesma seja armazenada na corrente sanguínea.

A doença pode ser detectada a partir dos sintomas que provoca no organismo, como dificuldade de cicatrização, formigamento, principalmente nas mãos e pés; constante sensação de sede e conseqüente excesso de ingestão de líquidos, cansaço, infecções, alterações de peso, visão embaralhada, cansaço e outras.

Normalmente consegue-se controlar a doença por meio de uma dieta alimentar que restringe a ingestão de glicose e atividades físicas. Quanto mais rápido a doença for detectada melhor é o tratamento, pois evita o aparecimento de problemas crônicos na visão, nos rins e nas pernas e ainda evita a necessidade de injetar insulina no organismo.

Existe outra forma de manifestação da doença, a diabete tipo 1 que ocorre com menor incidência. A diferença entre a diabete do tipo 1 e do tipo 2 é que a primeira é auto-imune, ou seja, o sistema imunitário ataca as células pancreáticas que produzem a insulina fazendo com que o organismo se volte contra ele mesmo, agindo como se tais células fossem agentes patológicos; enquanto que a segunda é caracterizada pela insuficiência de tais células.

Fonte:Brasil Escola

Nenhum comentário:

Postar um comentário